TBT com dicas? Temos! 5 dicas para a Comunicação de igrejas

TBT COM DICAS? TEMOS • Hoje o #TBT é de um tempo que passou e não volta mais. Por mais de 10 anos servindo como voluntária nos congressos e gravações do DT.

Hoje o Facebook me lembrou que fazem 5 anos que fizemos esta foto no estúdio da Quartel. Me fez lembrar de toda minha trajetória como cristã convertida. Conheci Jesus por um CD emprestado do DT. O ano, 2002, o CD, Preciso de Ti. Nunca passou pela minha cabeça trabalhar em comunicação na minha igreja.

Estava estudando Jornalismo quando comecei a ajudar voluntariamente na Lagoinha. Só Deus sabe quantas noites virei fazendo planejamentos, criando textos, editando fotos, orando e chorando para Deus me capacitar, sempre com o propósito de ser excelente em prol do Reino.

Se posso deixar 5 dicas deste tempo ao lado do @dtoficial e da @anapaulavaladao é:

1) Aproveite o tempo e as pessoas no lugar que você está hoje. Todos tem muito a te ensinar e um dia você sentirá saudades.

2) Trabalhe com planejamento, organização e pessoas capacitadas que te respeitam.

3) Sempre tenha atenção com a identidade visual. Padronizar os canais digitais de um ministério é essencial. Comunicar o público sobre lançamentos e novidades primeiro nos canais oficiais é um presente para quem acompanha.

4) Registre os momentos desta história. Faça relatórios e tenha ciência das conquistas ao longo do caminho. Nunca vou me esquecer que na página do DT no Face fomos de 66 mil curtidas para 5,2 milhões em 1 ano e meio. APENAS com conteúdo orgânico. (Saudade alcance orgânico! Rs).

5) Mantenha a imprensa informada com releases bem escritos. Vai enviar uma pauta para a mídia? Pense no jornalista e no que ele vai precisar para publicar a notícia o mais rápido possível.

– Capriche no release: destaque as qualidades técnicas do projeto, pegue “aspas” dos participantes, dê informações que não estão em outros lugares.

– Envie pelo menos 2 fotos em alta resolução com crédito do fotógrafo.

– Faça um breve resumo da carreira do grupo, principais números, dados, etc.

– Envie o áudio da música de trabalho em .mp3 para as rádios.

– Se for clipe para canais de TV, envie link para download.