Resenha da Elis: Desafios da Liderança Cristã – John Stott – Editora Ultimato

O livro desta semana é Desafios da Liderança Cristã. Autor: John Stott. Editora: Ultimato.

Uma das coisas que mais amo fazer é variar o estilo de leitura. E por isso leio livros técnicos, inspiracionais, romances, poesias e por aí vai. Acredito que esta variação de estilos auxilia meus conhecimentos.

O livro desta semana é de um dos meus autores preferidos na vida, John Stott. Ele é autor de uma infinidade de livros. Mas, este especialmente, é o resultado de uma série de palestras que ele realizou em Quito/Equador, em 1985. Os áudios foram transformados em livro (se você não sabe, existem muitos livros no mercado que são resultado de transcrição e um bom copywriting. Apesar da data da mensagem, pasme, é um dos livros mais atuais que li.

Neste livro John Stott fala sobre questões como desânimo, como perseverar sob situações de pressão. “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. (2 Coríntios 12.9). Fala sobre a importância de uma vida de descanso e de tirar um tempo para si, para a família e para com os amigos. Muitas vezes as pessoas se esgotam por não conhecerem seus próprios limites.

Uma das dicas maravilhosas que ele deu no livro é sobre criar uma lista de atividades que você precisa desenvolver, estabelecer uma prioridade de resolução entre elas e prever o tempo que será gasto em cada tarefa. Isso nos torna mais produtivos e animados. “Pela manhã, acho muito útil orar pelas tarefas que vou realizar durante o dia. Se criamos o hábito de fazer isso, nunca nos esqueceremos de um compromisso”.

Este livro é tão rico. Ele dá muitas dicas para nosso cotidiano, como selecionar boas leituras, ambientes para estudar (inclusive, a Bíblia), descansar, planejar. Sobre ter bons amigos. Mas, também destaca a dificuldade que é se relacionar com pessoas. “Nenhum homem é uma ilha”- disse John Donne. Stott destaca a importância de sempre nos lembrar de quem são as pessoas a quem somos chamados a servir.

Um dos livros que li e também mais amei é “Em seus passos o que faria Jesus?”, que é inclusive uma das minhas reflexões antes de fazer qualquer tipo de publicação na Internet ou mesmo falar com as pessoas. Stott destacou como aprendeu com este livro e que também – ao longo de sua vida – sempre se perguntou a cada situação o que faria Jesus. Ele lembrou que ao servir a Deus, as pessoas vão servir melhor aos outros.

Entre outras questões o livro fala sobre as dificuldades em ser um líder jovem, sobre a liderança pelo exemplo e não pela autocracia. E ainda o relato de dois grandes amigos “Timóteos” de Stott que testemunham sobre a amizade, o compromisso com o Reino de Deus e o caráter do autor. Principalmente sobre ser um cristão integral.

O livro tem um apêndice que apresenta temas como prioridade, ministério e serviço, liderança, supervisão pastoral, pastoreio, e outros pontos tão atuais e muitas vezes esquecidos por nós ao servir o próximo. Este livro não é apenas para pastores e líderes, mas, para você que é líder em sua própria vida cotidiana, no trabalho, em casa, na escola, na faculdade. São lições preciosas em uma leitura muito didática. Leia!

Já leu algum outro livro do John Stott? Deixe nos comentários! Se ainda não leu, qual livro está lendo neste momento? Deus abençoe e bom fim de semana!

P.s.: Isso não é um publipost.