Reflexão | Quando o seu trabalho se transforma no trabalho de outra pessoa?

Venho trabalhando muito nas últimas semanas/anos (rs) e por vezes me esqueço como o tempo passa rápido.

Outro dia (2008) estávamos na @igrejabatistadalagoinha discutindo qual seria a melhor forma para se montar um banco de imagens para uma igreja. Afinal, fotos e vídeos são memória, elas contam histórias. E não é que semana passada, 11 anos depois, discutíamos ali na comunicação novamente, como fazer isso da melhor maneira? Eu sugiro serviço em nuvem como Google Drive ou Dropbox. Com login e senha compartilhada com os pastores presidentes, a liderança espiritual e técnica. Quem já viu aquela história de alguém que saiu do ministério e ninguém tinha acesso a mais nada?

Como os tempos mudaram em tão pouco tempo. Mas, uma coisa não mudou, a motivação do meu coração. Quero ir cada vez mais longe levando a mensagem do uso CONSCIENTE e EFICIENTE do meio digital pelas igrejas nos dias de hoje!

Eu e @renato_lied fazemos isso voluntariamente compartilhando dicas aqui no meu insta c/ 12 mil pessoas (sempre na luta com os algoritmos), no grupo do Face (2600 pessoas), na lista que mantemos no whatsapp (1600 pessoas), no Twitter com 16 mil e no YouTube (800 pessoas). Nos siga em todos os canais, estamos sempre buscando uma maneira de ajudar vocês em um destes canais.

A minha foto no destaque foi apenas para chamar a atenção de vocês p/ a minha história! Comecei como uma jovem que mal tinha grana para ir aos cultos, produzindo conteúdo para o Orkut e blog de jovens da minha igreja, e hoje isso vai além do Blog (12 anos no ar!!!!), passe para a próxima tela.

Quase chorei quando recebi estas fotos no whatsapp hoje! Eu, ali na apresentação de uma banca acadêmica como referência na Comunicação das igrejas, enviadas a mim, pelo coordenador e professor do curso de uma faculdade aqui de BH. Não tenho ideia de quantas entrevistas e materiais já cedi para TCCs (inclusive, migos, me enviem para que eu leia e guarde de recordação, vou amar).



Eu, uma improvável de Deus, com lágrimas nos olhos porque Ele faz apesar de nós. Em algum momento meu trabalho se transformou no de outras pessoas e se multiplicou!