* Plin * Boa Idéia or Good Idea!!!

Frase do Dia:

“A idéia é disseminar idéias…”

Até então a frase é minha… mas ela é tão simples que há o risco de alguém tê-la escrito antes…

1 Bj e 1 queijo!

Leia mais

3º Seminário sobre TV Pública na Era Digital.

Participei nesta manhã do 3º Seminário sobre TV Pública na Era Digital da Rede Minas. Tivemos a honra de ouvir o jornalista e escritor Eugênio Bucci desenvolver vários temas sobre TV Pública. Bucci que é ex-presidente da Radiobrás, acaba de lançar o livro “Em Brasília, 19 horas”, que parece ser bem interessante e fala sobre os bastidores da rádio “pública”.

Durante o debate, Bucci falou sobre a consciência que devemos ter ao fazer uma televisão pública. “A causa não é do jornalista, do produtor independente ou do comercial da empresa, o motivo da TV existir é o público”. Ele disse que é preciso considerar que tudo deveria ser produzido porque o público precisa disso, e não porque queremos passar isso a eles.

É interessante esse tipo de desconstrução de conceitos, e até mesmo, a grande reflexão que o tema gera.

“Se a TV Pública for tratar de tudo como é veiculado nas televisões comerciais, qual seria o motivo de sua existência?”.

Adorei participar desse debate, aprendi muito, e tenho bastante material para “remoer” por muitos dias. Que ótimo, cada dia mais, tenho mais certeza de que o mundo não gira em torno dos jornalistas, a razão de existirmos.

Deixo algumas perguntas para sua reflexão… Excesso de informação desinforma? Que tipo de comunicação o público precisa? É preciso defender uma linha editorial ou é mais importante inovar?

Aprendi algo muito interessante hoje com o Eugênio Bucci, que o “questionamento” tem duas vertentes… ou ele desanima, ou ele acende, estimula à mudanças! Confesso, gosto mais da segunda opção.

Prometo desenvolver um texto sobre a TV Pública no Brasil, em breve.

Leia mais

Governador do Ceará esbanja dinheiro público

Até onde vai a impunidade nesse BraZil (com Z mesmo)???

Ouvi hoje no jornal da CBN 1ª edição, com Heródoto Barbeiro, sobre a viagem do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB) à Europa, durante o período de carnaval.

O jatinho para a “missão” do governador, custou a bagatela de R$ 388.596! Para um estado como o Ceará onde a miséria impera, é mais do que absurdo. Segundo informações divulgadas na imprensa, o governador alega que foi uma viagem oficial. Estavam com ele, sua esposa, 1ª dama do Ceará, Maria Célia, sua SOGRA Pauline Carol Habib Moura, o secretário de Turismo Bismark Maia e sua mulher e o assessor especial Valdir Fernandes e também mulher.

A comitiva oficial do governo do Ceará fez um tour por Madri (Espanha), Londres (Inglaterra), Edimburgo (Escócia), Dublin (Irlanda) e Berlim (Alemanha).

Quero só ver o que vai dar essa história. No mínimo teria que sair um Impeachment daí. Mas o BraZil (com Z mesmo) impera. Estou indignada com a postura do governador do Ceará, e ainda mais, com sua cara de pau, ao dizer que foi uma viagem para prospectar recursos para o estado. O povo Cearense merece mais respeito!

Quem quiser ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Leia mais

Resposta (Não Oficial) SJPMG

Minha indignação com o SJPMG pode até ser mesmo incoerente. Mas até o momento não mudo minha postura quanto ao tratamento deles aos estudantes de Jornalismo em MG. Não questiono a sindicalização de estudantes (concordo que o período correto é no 7º período), mas sim ao tratamento dado a nós.

Segue email enviado ontem com a resposta do vice-diretor do SJPMG Elian Guimarães de Oliveira.

Elisandra Amancio
ocultar detalhes 15 abr (22 horas atrás)
para SJPMG – Sindicato dos Jornalistas Profissionais de MG
data 15/04/2008 14:41

assunto Re: Reclamação/Sugestão

Boa Tarde Elian,

Mais uma vez, visitei o SJPMG para adquirir meu convite para a festa dos 200 anos da Imprensa Mineira, e fui barrada novamente porque sou estudante. Dessa vez, fui indicada para participar da festa, pelo jornalista Gilberto Araújo, inclusive fiz ampla divulgação do evento na Estácio de Sá e no Uni-BH a pedido dele.

Gostaria de ter uma resposta para o meu email diretamente da presidente do SJPMG, pois vou publicá-lo entre meus colegas acadêmicos que estão sofrendo as mesmas frustrações que eu.

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter”. (Cláudia Abramo)

Cordialmente,

Elisandra Amâncio

========RESPOSTA:

SJPMG – Sindicato dos Jornalistas Profissionais de MG
ocultar detalhes 10:27 (2½ horas atrás)
para
Elisandra Amancio

data 16/04/2008 10:27

assunto Re: Reclamação/Sugestão

enviado por
sjpmg.org.br

—– Original Message —–
From: elian oliveira
To: SJPMG – Sindicato dos Jornalistas Profissionais de MG
Sent: Tuesday, April 15, 2008 6:53 PM
Subject: Re: Fw: Reclamação/Sugestão
Qualquer sindicato representa os profissionais de sua área, o que é um princípio trabalhista. As atividades de um sindicato estão direcionadas aos seus representados. É uma questão legal e estatutária. Entretanto, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais abre espaço aos estudantes, inclusive, consta em nosso estatuto (veja site) que os estudantes pré-sindicalizados (de 7o. e 8o. período) podem participar do quadro de associados e de nossas atividades como congressos cursos e até festas e comemorações. Também é bom lembrar que qualquer atividade de um sindicato envolve recursos de seus associados. Somos um sindicato pequeno e os recursos não permitem que façamos comemorações que extrapolem o número de associados em dia. Nos limitamos aos recursos conseguidos para tais eventos, no caso dos 200 anos da Imprensa, a 500 ingressos.
Elian

===========
Termino essa discussão por aqui, totalmente decepcionada com a postura do SJPMG. Parece que não entenderam ainda que estou discutindo tratamento-direito de qualquer cidadão-, e não, questões burocráticas administrativas.

Não é atoa que este sindicato é pequeno e desunido. Apenas alguns da imprensa mineira, são realmente participativos neles.

Estou à procura de outro sindicato para filiar-me no próximo ano, se tiverem sugestões, enviem-me por gentileza.

Até mais…

Leia mais

Classes Sindicais

Se até mesmo a classe de Jornalistas está desunida, imagina o resto?

A palavra do dia hoje é INDIGNAÇÃO!

SEGUE REPRODUÇÃO DE MINHA RECLAMAÇÃO AO SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE MINAS GERAIS

Elisandra Amancio
ocultar detalhes
14 abr (1 dia atrás)
para

sjpmg@sjpmg.org.br

data
14/04/2008 14:16

assunto
Reclamação/Sugestão

enviado por
gmail.com

Boa Tarde prezados colegas do SJPMG,

Meu nome é Elisandra Amâncio, tenho 28 anos e sou estudante de Jornalismo em BH. Antes mesmo de cursar Jornalismo, já tinha o hábito de visitar a página de vocês na Internet e encaminhar suas informações para outros colegas.

Quando estava no 1º período da faculdade, entrei em contato com o SJPMG querendo saber como faço para sindicalizar-me. Fui informada que apenas estudantes a partir do 7º período tem esse direito. Até aí, tudo bem.

O que venho reclamar, ou até mesmo sugerir, é que tratem melhor os estudantes de comunicação que entram em contato com vocês. Diversas vezes que solicitei participar de algum curso ou evento do SJPMG, fui claramente desprezada porque não sou sindicalizada. Acho isso um absurdo, posso não ser sindicalizada hoje, mas posso ser amanhã.

Penso que como classe trabalhadora, vocês Jornalistas, deveriam considerar que hoje somos estudantes e que amanhã, também seremos colegas de trabalho.

Sinto-me muito constrangida em tentar participar de qualquer evento que esteja ligado ao SJPMG. A visão que os estudantes de Jornalismo tem nas faculdades sobre vocês é péssima, principalmente por causa desse tratamento que dão aos estudantes, como se fossemos seres insignificantes.

Deixo aqui meu protesto, e minha estima. Pois, não acredito que uma categoria possa crescer, se não considerar seus “aprendizes”.

Acredito piamente na frase do grange jornalista Cláudia Abramo – “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter”.

Abraços,

Elisandra Amâncio

======

SJPMG – Sindicato dos Jornalistas Profissionais de MG
ocultar detalhes
14 abr (20 horas atrás)
para

Elisandra Amancio

data
14/04/2008 17:59

assunto
Re: Reclamação/Sugestão

enviado por
sjpmg.org.br

—– Original Message —–
From: elian oliveira
To: SJPMG – Sindicato dos Jornalistas Profissionais de MG
Cc: Eventos
Sent: Monday, April 14, 2008 5:55 PM
Subject: Re: Fw: Reclamação/Sugestão
Não acredito que haja discriminação contra estudantes. Entretanto, a entidade se dedica, como pode, aos jornalistas profissionais, mas sem desprezar os futuros colegas de profissão. A prioridade é dos jornalistas já formados, como é a prioridade das entidades estudantis com seus estudantes. Com a palavra a diretora Vilma Tomaz.
Elian

Hoje solicitei uma resposta oficial do SJPMG, assim que recebê-la vou publicá-la aqui no blog. Até mais.

Leia mais

A arte que transforma vidas

O Ponto de Cultura “A Arte Transformando Vidas” veio de Natal, no Rio Grande do Norte e está representado no TEIA 2007 por sua delegada Sayonara Dias. Ela explica que a ONG tem projetos de inclusão para as crianças e adolescentes através da arte. “Esse momento que vivemos aqui durante o TEIA é muito interessante e espero que os contatos estabelecidos aqui permaneçam sempre”, conclui a delegada.

Leia mais

Um Milhão de histórias…

Entre os vários eventos na programação do Teia 2007, aconteceu na tarde desta quinta-feira a Conferência Livre de Juventude trazendo o projeto “Um Milhão de histórias de vida de Jovens”da Aracati e do Museu da Pessoa, de São Paulo. Todos puderam conhecer um pouco mais sobre o trabalho ampliar a abordagem da mídia para políticas sociais que atenda cada indivíduo. Os jovens foram divididos em três grupos para iniciar a prática de contar histórias. As pessoas que seriam o público, tornaram-se protagonistas de histórias. Cada um pode falar sobre algo que marcou sua vida e saber a opinião de quem ouviu”. Segundo Fernanda Vargas, delegada do Ponto de Cultura CEDECA – Interlagos/SP, que coordenou um dos grupos, é importante incentivar a juventude a tornar-se agente de contação de histórias. “A expectativa é a articulação política que a Teia pode proporcionar aos pontos de cultura”, explica. Até o momento o projeto já conta com aproximadamente mil histórias registradas, o alvo é atingir um milhão de histórias. A Conferência Livre da Juventude continua nesta sexta-feira, a partir das 14h, na Sala Juvenal Dias, no Palácio das Artes. Todos podem participar e discutir políticas sociais para juventude e como colocá-las em prática no seu ponto de cultura.

Leia mais

E começa a Teia…

Belo Horizonte é o endereço oficial das diversidades culturais do nosso país até 11 de novembro. Delegados e representantes das mais diversas partes do país estão chegando na cidade para a Teia 2007. Os pontos de cultura vão mostrar o que nossa cultura tem de melhor. A abertura do evento aconteceu, nesta quarta-feira, no Palácio das Artes com a presença do presidente Lula, o ministro da Cultura Gilberto Gil e agraciados pela Ordem do Mérito Cultural. Apesar do prêmio ter sido entregue na abertura da Teia 2007, alguns dos premiados não sabiam falar nada sobre o evento. Luiz Mott, por exemplo, é um dos homenageados declarou não conhecer a programação da Teia 2007. “Vou embora da cidade pela manhã”, finalizou. Por outro lado, David Mascarenhas, é delegado do Ponto de Cultura Oficina da Balata e veio da cidade de Boa Vista, em Roraima especialmente para participar da Teia 2007. “A minha expectativa está relacionada a integração cultural, na oportunidade de mostrar o novo”, argumenta. Segundo ele, a Teia dá motivação para continuar o trabalho e possibilita a troca de experiências e o intercâmbio entre os pontos de cultura. O ponto de cultura representado por David Mascarenhas faz um trabalho social com jovens que tiveram envolvimento com drogas e que através do trabalho com a balata (resina extraída da árvore Massaranduba) fazendo artesanato. O principal objetivo é reintegrar os jovens na sociedade. David comemora os resultados diz que em três anos de trabalhos vários jovens se tornaram universitários, passaram em concurso público ou já conseguiram um emprego.
Elisandra Amâncio

Leia mais

Documentário sobre Ariano Suassuna na TEIA 2007

Será lançado hoje no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, dentro da Teia de Cultura 2007, o filme-documentário “O Senhor do Castelo, sobre Ariano Suassuna”, do diretor Marcus Vilar. O longa-metragem levou 15 anos para ficar pronto. Ariano Suassuna narra sua trajetória de vida e sua luta em defesa da língua portuguesa.
A cidade de Belo Horizonte recebe de hoje até dia 11 de novembro, a Teia de Cultura 2007. O evento vai reunir representantes de mais de 600 pontos de cultura espalhados pelo país e apresentará diversas manifestações culturais. Toda programação do evento é gratuita.

PARTICIPE!!!

Leia mais

Fotos da Oficina de Jornalismo Cultural Independente

A Oficina de Jornalismo Cultura Independente foi um marco antes do início da Teia 2007. Pessoas das mais diversas partes do Brasil desembarcaram em Belo Horizonte 5 dias antes do início da Teia 2007 com o objetivo de compreender a melhor forma de trabalhar uma agência de notícias colaborativa. Ou seja, o portal de Notícias da Teia será abastecido por toda essa galera, disposta a fazer uma cobertura diferenciada da chamada “grande imprensa’.

Funarte – Casa do Conde Local de encontro dos Oficineiros da Teia 2007 em 3 e 4 de novembro

Oportunidade de aprender, discutir, opinar… Descobrimos que o “Café” é o lugar onde surgem várias idéias e ideologias. Lugar onde as coisas começam a criar forma e viram práticas.

Depois de discutirmos idéias e opiniões no espaço ‘Café”, é o momento de convidar os anfitriões para a discussão no “Aquário”. Isso é DEMOCRACIA!
Luiz Algarra, um grande instigador no centro da “ciranda”. Mais de 100 oficineiros em dois dias de trabalhos.

Fernanda, Guilherme, Yoda responsáveis por nos mostrar a importância dos Pontos de Cultura no Brasil, e principalmente, nos fazer crer que é possível fazer jornalismo diferenciado e nosso amigo conversador Luiz Algarra.

Um entre tantos questionamentos que pudemos fazer…

Oficina: Como trabalhar na Agência de Notícias da Teia 2007

Oficina com Célio Turino – Entendendo os Pontos de Cultura

Oficineiros em “massa” ouvindo Célio Turino

Oficina com Israel do Vale – TV Pública, o que muda?

Edu, o coordenador desse grupo, e grande responsável pelo sucesso do evento.

Leia mais