A importância de estudar SEMPRE

Quando falamos sobre EDUCAÇÃO no Brasil não falamos apenas nas escolas, mas, sobre graduação, pós, mestrado, doutorado e cursos de extensão.
Infelizmente a maioria de nós foi criada com o pensamento de que aprender é chato e não vale pra vida.

Amigos, estou aqui para dizer o contrário. Precisamos muito dos investimentos em EDUCAÇÃO, e principalmente de algo que falo há anos, de EDUCAÇÃO DIGITAL.

Nas palestras e treinamentos que ministro percebo que muita gente tem acesso a smartphones, Internet, redes sociais, mas, não sabem usar com consciência e eficiência.

Vivemos na era do diálogo onde todos querem publicar suas opiniões no meio digital.

Mas, sabe algo que aprendi com meu amado @prmarciovaladao “responda o que as pessoas estão perguntando”. Isso é sabedoria. Falar daquilo que alegra, ensina, edifica, melhora a vida das pessoas.

Há poucos dias vi uma criança com 2-3 anos abrindo o app da Google no celular e fazendo busca por ÁUDIO pelo nome “Peppa”. Uau! Eu nunca tinha usado busca por áudio no Google.

Os tempos são outros e se não tivermos humildade de agir como aprendizes e não como especialistas vamos fazer isso errado. O que vocês pensam sobre essa evolução toda?

Planejamos e fazemos.
Ou vamos fazendo?

Segundo relatório do Hootsuite/We are social no Brasil os internautas:
95% usam YouTube
90% usam Facebook (cerca de 130 m)
89% usam WhatsApp
77% usam Instagram (cerca de 69m)
E o Tik Tok que vem aí abraçando os pré e adolescentes por todo o mundo?

Será que você está gastando energia nas redes sociais certas?

Estou para dizer que neste negócio de “educação digital” não há espaço para amadores. Como diz o mestre @estevaosoares O básico bem feito é o avançado.

Estude, estude muito.