48 milhões de brasileiros não tem acesso à Internet

A Internet não é a panaceia da humanidade. Ao meu ver, é sem dúvidas uma ótima ferramenta para levarmos a mensagem do Reino de Deus cada vez mais longe, mas, não é a única! Precisamos dos impactos missionários, evangelísticos, de sustentar os missionários que estão no campo (não apenas com dinheiro, mas, em oração).

Por que eu sempre digo que as ações on-line não substituem as ações off-line? Exatamente por causa de pesquisas como estas Cetic (Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação), ligado ao Comitê Gestor da Internet do Brasil. Cerca de 48 milhões de brasileiros NUNCA acessaram a Internet. São os excluídos digitais.
Seja luz on e off-line (Mateus 5.16). Você que me conhece sabe que sempre digo isso. E é exatamente por entender que o desafio da igreja não é a Internet, em si, mas, todos os povos não alcançados.
Mais do que fotos bonitas, feeds organizados, que tenhamos compromisso de orar e levar a Palavra de Deus aos confins da nossa nação e de toda a terra.
Se puder, faça um post em suas redes sociais hoje incentivando que as pessoas orem pelos missionários. Divulgue impactos evangelísticos. É muito real que os excluídos digitais estão diretamente aos excluídos sociais.
#oreporummissionário
No amor de Jesus,
Elis e Renato