A Crise vivida por profissionais de Mídias Sociais

bannerlinkedin251116

Quando falamos sobre o trabalho do Social Media por diversas vezes o cliente que vai contratar o serviço não tem ideia do que precisa e muito menos das amplitude de ações que podem ser desenvolvidas por este profissional.

Com frequência tenho encontrado clientes que questionam os valores praticados na área e a grande variação entre um profissional e outro. Percebo que por um lado encontramos uma galera ligada em “vender” posts por dia para algumas redes sociais. Eles vivem do volume de contratos fechados. Não fazem diagnóstico da marca, planejamento ou mesmo relatórios prestando conta dos índices alcançados. Por exemplo: Cobram R$ 300,00 (trezentos reais) por mês para publicar um post por dia no Facebook, Instagram e Twitter. E olha que tem muita gente fechando este tipo de serviço, que chamo de “Postador de conteúdo”.

Por outro lado nós temos profissionais estrategistas de Mídias Sociais que trabalham com diagnóstico, planejamento de ações, implementação (ou acompanhamento da implementação), produção de conteúdo (multimídia – texto, artes, fotos, gifs, infográficos, vídeos, etc.), monitoramento, mensuração e até mesmo, produção de campanhas de Anúncios digitais (ADS). Particularmente, trabalho com Diagnóstico, planejamento de ações e produção de conteúdo. Cada vez mais tenho me deparado com marcas que optam por ter um “Postador de contéudo” a um Estrategista/Analista de Mídias Sociais. Simplesmente por questões de preço e não de resultados. Entretanto, um bom profissional digital sabe que postagens sem planejamento não geram resultados. E como medir resultados? Os KPIs, que são índices de performance, vão ajudar a marca ter certeza se o planejamento produzido alcançou o resultado esperado.

Quando falo em crise para os profissionais de Mídias Sociais, quero despertar a atenção de todos para a importância de conhecer bem o profissional que você contrata. O profissional tem lidado diariamente com “curiosos”que usam Redes Sociais, mas, não são profissionais qualificados para tal. Conheça os cases dele e alguns de seus resultados antes de contratar. Aprenda um pouco mais sobre o trabalho do Social Media e garanta que vai ter em sua equipe o profissional mais qualificado. Saber “mexer” ou ser “fera” em Facebook não é nada. Saia do lado do senso comum e pule de cabeça para o lado estratégico do digital.

Em meu blog costumo compartilhar boas práticas para Redes Sociais: www.elisamancio.com.br/blog

 

  • Postado originalmente no LinkedIn Pulse: 25/11/2016.